28 de junho de 2015

Resenha: Zumbis Marvel (Robert Kirkman) + Guerra Civil (Mark Millar)


 Hoje resolvi indicar duas HQ's que adoro, e já que "Zumbis Marvel" é o vol. 49 da "Coleção Oficial de Graphic Novels da Marvel" e "Guerra Civil" é o 50, decidi que seria legal fazer resenha das duas juntas, e também porque tenho pouco pra falar sobre uma delas e acho que ficaria um post muito pequeno caso fosse uma resenha individual.

 Vamos começar por "Zumbis Marvel", que é a que menos gosto.

 Quando vou na livraria Cultura, que é onde compro quadrinhos, escolho o que vou levar geralmente pela capa ou por alguém ter me indicado. Assim que avistei ''Zumbis Marvel" fiquei intrigada, porque primeiro que amo Zumbis e Marvel, e segundo que reconheci o nome do roteirista: Robert Kirkman, isso mesmo, o autor de The Walking Dead. E apesar de não ter lido os quadrinhos ainda, sou completamente apaixonada pela série. 

 A história é bem diferente do que já li da Marvel, o que achei interessante, pois nela temos vários personagens desse universo zumbificados, e o mais legal é que todos estão assim, tanto heróis quanto vilões, e os poderes continuam presentes, loucura né?!  Até que o Surfista Prateado aparece e leva a história a tomar um rumo bem surpreendente. 


 Tudo é muito complexo, pois os personagens ainda tem uma parte humana e sentem coisa como remorso e raiva, e algumas coisas bem nojentas que te deixam de boca aberta acontecem. Gostei do tom da narrativa, as vezes chegava dar um certo medinho :p 

 Recomendo por ser uma leitura divertida e ótima para passar o tempo, mas não espera algo a altura de "Guerra Civil", que é o próximo quadrinho que irei falar.


 Tudo começa quando um reality show de super-heróis é criado, e depois dos participantes acabarem não conseguindo controlar um vilão e por isso uma explosão acontecer, os verdadeiros super-heróis começam a ser julgados. Depois disso o governo quer submetê-los a uma lei, onde eles não teriam identidade secreta e trabalhariam para o estado, mais ou menos como funcionários públicos. Os super-heróis ficam divididos, uns aceitam a lei e outros são totalmente contra. 

 Desculpe o uso da palavra, mas acho que o melhor jeito de definir essa hq é dizendo que ela é foda. Gostei muito da parte política e das intrigas entre os personagens, a parte que quer aceitar a lei é liderada pelo Homem de Ferro e a outra pelo Capitão América, e cada grupo é formado por personagens que amo, então é muito difícil escolher um lado, mas acho que fico com o Capitão.


Algo que eu achei fantástico foi o fato de ter muitos personagens juntos, isso é bom pra mim, pois não conhecia alguns e passei a conhecer  depois de lê-la. 

 A maioria das ilustrações tem um clima mais dark, o que super combina com a história. As cenas de luta são fantásticas, apesar de um pouco triste, por não ser herói contra vilão, mas sim herói contra herói. 

 O combate final é maravilhoso, a história tomou um rumo que eu não esperava, não sei exatamente como me sinto em relação a isso.


Autor: Robert Kirkman
Ilustrador: Sean Phillips
Páginas: 168
Editora: Salvat
Gênero: Super-Heróis
Estrelas: ★★★★★
------------------------------------------------------------

Autor: Mark Millar
Ilustrador: Steve Mcniven
Páginas: 258
Editora: Salvat
Gênero: Super-Heróis
Estrelas: ★★★★★